Emergência

Centro de Atendimento à Emergência – CEATE

Inaugurado oficialmente em 25 de abril de 2013, o Centro de Atendimento a Emergências do Porto de São Sebastião tem como objetivo garantir a segurança ambiental na área e entorno do porto público em casos de acidentes.

O CEATE opera 24 horas por dia, durante sete dias da semana e é formado por uma equipe técnica de profissionais capacitados nas áreas emergenciais. O treinamento dos profissionais que atuam na equipe segue o padrão da Organização Marítima Internacional e visa o atendimento ambiental em terra e mar em casos de vazamentos de óleo, emergências químicas, incêndios e suporte básico à vida.

Está instalado numa área de 600m² onde são armazenados equipamentos utilizados nas atividades, como barreiras rígidas para contenção de vazamentos, sistema de bombeamento com moto bombas para recolhimento de óleo, tanques para armazenamento do produto e embarcações (botes e barcos). Além disso, dispõem de cilindros de ar, sinalizadores náuticos, rádios VHF, GPS, respiradores e flutuadores, além dos equipamentos de proteção individual.

Os telefones para contato com o CEATE são:

+55 12 3892-4977 | Emergências

PLANO DE ÁREA DO PORTO ORGANIZADO DE SÃO SEBASTIÃO – PAPOSS

O Decreto Federal nº 8.127/2013 determina a implantação do Plano de área – PA. O PAPOSS – Plano de área do Porto Organizado de São Sebastião, composto pelas instituições: Porto de são Sebastião, Terminal de São Sebastião da PETROBRÁS TRANSPORTE S/A TRANSPETRO, Posto Naútico IGARARECÊ e Sistema de Travessia de Balsas de São Sebastião/Ilhabela da empresa DERSA e coordenado pelos órgãos ambientais IBAMA e CETESB. O PAPOSS tem como objetivos: Integrar os Planos de Emergência Individual (PEIs) das instalações inseridas na área de abrangência do Porto Organizado de São Sebastião sujeita aos incidentes de poluição por óleo no mar; prever ações de preparação, prevenção e resposta aos incidentes de poluição por óleo no mar, decorrentes das atividades desenvolvidas pelas instituições inseridas na área de abrangência do presente plano, bem como incidentes de origem desconhecida; buscar a preservação da integridade física e a saúde humana, prever/minimizar os impactos ambientais e eventuais danos aos patrimônios público e privado, quando expostos às situações emergenciais de vazamento de óleo, originados na área de abrangência e que se estendam pelas áreas passíveis de serem atingidas; atuar de forma complementar com fornecimento de recursos humanos e materiais, quando houver necessidade por parte das instalações que integram o PAPOSS, nas ocasiões de acidentes com ocorrência de vazamento de óleo no mar.

Clique aqui para conhecer o Plano de Área do Porto de São Sebastião.

Plano de Controle de Emergência – PCE

O Plano de Controle de Emergência – PCE tem como principal objetivo prover ações coordenadas a serem desencadeadas, em eventuais situações de emergências na área do Porto Público de São Sebastião, que tenham potencial para afetar a integridade física da comunidade portuária, causar danos ao patrimônio da empresa e/ ou gerar impacto ao meio ambiente.

Clique aqui para conhecer o Plano de Controle de Emergência.

Plano de Emergência Individual- PEI

Documento ou conjunto de documentos que contenham informações e a descrição de procedimentos de resposta da respectiva instalação a um incidente de poluição por óleo, que decorra de suas atividades. É um instrumento importante para nortear as empresas sobre os procedimentos de resposta que devem ser adotados durante um incidente de poluição por óleo no mar. Por isso deve ser conhecido pelas equipes que trabalham nas áreas de segurança e de meio ambiente das empresas. E os exercícios simulados são fundamentais para que todas as pessoas envolvidas saibam como agir durante uma situação de emergência. Os portos organizados, instalações portuárias, terminais e estaleiros, mesmo aqueles que não operam com carga de óleo, deverão considerar cenários acidentais de poluição de óleo por navio.

Clique aqui para conhecer o Plano de Emergência Individual.

Plano de Gerenciamento de Riscos – PGR

Programa de Gerenciamento de Risco (PGR), como o próprio nome sugere, é um programa adotado pelas organizações com o intuito de gerenciar os riscos existentes no local de suas atividades, OU SEJA, tomar atitudes em relação ao que possa servir como um tipo de ameaça.

O programa tem por principal objetivo, evitar, ou seja, prevenir que acidentes ambientais ocorram, que possam vir prejudicar a vida de colaboradores, a propriedade privada e também o meio ambiente, isto é, o programa visa acima do gerenciamento utilizar técnicas eficazes que não permita a possibilidade de um acidente.

Quando se há a existência de um ou mais riscos em um ambiente laboral, o processo a ser seguido em primeiro lugar é, identificar esse risco, apontar, saber exatamente qual o risco que se trata, segundo, realizar uma avaliação criteriosa a respeito do mesmo, para assim poder ser tomada as atitudes corretas em relação ao risco e terceiro, se não for possível eliminá-lo, é necessário realizar o controle desse risco, ou seja, em momento algum, o risco existente torna-se uma ameaça sem controle ou monitoramento.

Clique aqui para conhecer o Plano de Gerenciamento de Riscos do Porto de São Sebastião.

Simulados

Plano de Ajuda Mútua – PAM

O PAM/POSS tem como principal objetivo, a atuação de forma conjunta dos seus integrantes na resposta a emergências das instalações, mediante a utilização de recursos humanos e materiais quando necessários, colocados à disposição do Plano, sob a coordenação do Comitê do PAM/POSS, visando: prover ações coordenadas a serem seguidas em situações de emergência; integrar os Planos de Emergências das instalações inseridas na área do Porto de São Sebastião sujeita aos incidentes descritos no Plano; buscar a preservação da integridade física e a saúde humana, prevenir/minimizar os impactos e eventuais danos às pessoas, ao meio ambiente e patrimônio, quando expostos às situações emergenciais originados na área de abrangência e que se estendam pelas áreas passíveis de serem atingidas;

Clique aqui para conhecer o plano de ajuda mútua.

adminEmergência