Programa de Comunicação Social

O Programa de Comunicação Social (PCS) é o canal de comunicação contínuo entre a Companhia Docas de São Sebastião (empresa pública que faz a gestão do Porto) e a sociedade.

O objetivo desse Programa é proporcionar visibilidade, credibilidade e transparência em relação às informações, atividades e programas do Porto. Dessa forma a sociedade pode entender as atividades desenvolvidas dentro dele e os potenciais riscos associados.

O PCS, diferente dos demais Programas de monitoramento ambiental, não é uma exigência do IBAMA. Este foi criado por ser uma necessidade do Sistema de Gestão Ambiental do Porto. No entanto, também possui metodologias de ação para que funcione de acordo com seus objetivos.

Alguns exemplos da prática do como o PCS prática são:

• Participação de um membro do Porto em reuniões de fóruns e conselhos da região, mantendo os participantes informados sobre as atividades e programas realizados na área do Porto;

• Visitas Monitoradas ao Porto, nas quais escolas, instituições de ensino superior e comunidade em geral visitam as áreas de operação e apresenta-se como funciona o Porto, os programas de monitoramento ambiental e etc;

• Reuniões anuais, nas quais é apresentada a comunidade balanço das atividades e programas realizados no Porto de São Sebastião;

• Reuniões semestrais de nivelamento, nas quais é compartilhada as informações entre os diversos departamentos do Porto. Essas reuniões são focadas no público interno do Porto.

Clique aqui para conhecer o Programa de Comunicação Social.

Programa de Educação Ambiental

O Programa de Educação Ambiental (PEA) do Porto Público de São Sebastião é uma exigência do IBAMA para que o Porto consiga operar de forma legal.
O objetivo do PEA é promover um processo de educação contínuo e prático voltado para alguns públicos de São Sebastião e Ilhabela que sofrem influências do Porto. A idéia é que através das atividades promovidas pelo PEA esses públicos consigam participar e intervir nas tomadas de decisões relacionadas ao meio ambiente nos municípios que habitam, mudar atitudes individuais e coletivas que afetam de forma negativa a natureza e entender os impactos sociais e ambientais causados pelo Porto.

Além disso, busca-se através deste programa uma aproximação da comunidade de São Sebastião e Ilhabela com o Porto, criando espaços de diálogo nos quais sejam construídos de forma coletiva conhecimentos sobre conservação do meio ambiente e desenvolvimento social.

O PEA já passou por algumas atualizações e atualmente precisa desenvolver atividades de educação socioambiental com oito públicos, sendo três deles prioritários (Grupos 1, 2 e 3). Seus públicos são:

• Grupo 1: Moradores da área próxima ao Porto de São Sebastião, especificamente as comunidades da Enseada do Araçá, Praia do Deodato e a parte inferior do bairro Varadouro.

• Grupo 2: Pescadores de São Sebastião e Ilhabela.

• Grupo 3: Trabalhadores do Porto de São Sebastião.

• Grupo 4: Alunos do curso básico de vela da Escola de Vela de São Sebastião.

• Grupo 5: Alunos das instituições de ensino fundamental, médio, técnico e superior da região.

• Grupo 6: Poder público e entidades ambientalistas da região (Unidades de Conservação, Prefeitura e ONG’s).

• Grupo 7: Associações de bairro de São Sebastião e Ilhabela, localizadas próximas à área do Porto.

• Grupo 8: Turistas e veranistas de São Sebastião e Ilhabela.

adminProgramas Socioambientais